quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Educação Cristã

Falar de educação é um assunto complicado e muito pessoal, cada pai e mãe educa o seu filho de acordo com os seus princípios e valores, mas - acredito eu, todos com a intenção de formar homens e mulheres sábios, honestos, vencedores e dignos. Contar a minha decisão ou experiência, contar um pouco com a minha vocação não faz de minha santa, ou mais ou menos mãe que você. Trilhamos os mesmos caminhos e rumo a mesma direção.

"Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, nem quando for velho, se desviará dele." Provérbios 22:6


Eu sou cristã católica, desde que nasci, participo de um grupo de oração e exerço algumas funções dentro dele. Alice, obviamente, segue meus passos. Mesmo que muitas pessoas me chamem de louca, desnaturada, beata e muitos outros apelidos carinhosos. 

A decisão de criar um filho nos caminhos do Senhor vai muito além de leva-la à missa aos domingos, ensinar a rezar antes de dormir, ou antes das refeições. Esses ritos fazem sim parte de nossa rotina, mas tudo isso vai um pouco mais além, quero que ela aprenda a amar o próximo, que ela brinque com amor, que ela coma com amor, que vá à aula com esse mesmo amor.

Leandro e eu desejamos todos os dias que o amor e a comunhão dela com Cristo cresça em nosso lar. Queremos ser luz para o caminho dela, que ela ame a Deus de todo o seu coraçãozinho. Precisamos ser discípulos e missionários do Senhor em nossos lares.

O mundo tem necessidade de pessoas que saibam amar, que saibam ver no próximo a luz de Cristo, pessoas que exalam o amor de Deus, que vivam para sua honra e glória. 
Exalar amor é independente de religião e crença.

É papel de nós pais, criar nossos filhos para o mundo, devemos parar de terceirizar a educação. É meu papel ensinar a Alice a ser uma mulher forte de oração, uma mãe e esposa aos moldes de Maria. É papel do Leandro, como pai, ama-la de forma que ela conheça o amor e escolha um companheiro aos moldes de Deus. Ele deve ser o primeiro exemplo de amor para ela. 

Precisamos educar os filhos no amor e na graça mesmo nos momentos em que precisamos ser firmes e fortes, falar não, colocar de castigo.


 Crianças são nossos espelhos, elas seguem nossos exemplos, tudo o que fazemos, por menores que sejam nossas atitudes, são copiadas por elas. Quando Alice me vê orando. ela ora junto. Quando ela vê o pai dela dançando ela dança junto. Tenho orgulho e sinto meu coração aquecido por saber que por mais falhas que Leandro e eu temos, estamos fazendo um bom papel de pais e formadores para ela. Precisamos melhorar muito ainda,


Muitas das nossas atitudes ainda serão podadas pelo Senhor. Mas hoje para honra e glória do Senhor, tenho orgulho de dizer que eu e minha casa servimos ao Senhor.

Não esquece de deixar a sua opinião pra mim aqui embaixo. Vou adorar saber. Se você tem alguma dúvida, ou quer deixar uma sugestão envie um e-mail pra mim clicando aqui.

Para encontrar as redes sociais do blog:


Veja também:

Copyright © 2014 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo