quarta-feira, 20 de abril de 2016

Dicas de empoderamento feminino na infância



Quando descobrimos a gravidez de uma menina já imaginamos um mundo rosa e cheio de bonecas e cozinhas e coisas que condizem com a realidade feminina não é mesmo? Brincar de bola e de carrinho nem pensar senão parece menina macho. Esses esteriótipos impostos pela sociedade de que uma mulher (ou qualquer um) precisa ser tais padrões para serem aceitas, precisam ser desmistificados. Criar uma criança livre de padrões ajuda a formar uma adolescente/ jovem mais forte, com menores chances de terem problemas ligados a auto estima.


Criar uma menina como sendo boa o suficiente para ser apenas mãe, dona de casa, esposa, meiga, carinhosa. idealizam um mundo problemático, e no futuro elas se limitaram e podem não acreditar em seu potencial. É preciso que se ensine para uma garota que ela pode ser quem ela quiser. que ela pode fazer o que quiser, seguir toda e qualquer profissão que bem entender.


Meninos brincam de legos, atividades de planejamento e tática, enquanto meninas brincam de casinha. Não que eu não concorde com isso, Alice brinca sim de casinha, mas também brinca de lego, brinca de bola e de carrinho. Aliás ela adora. Não existe essa de brinquedos de meninos ou meninas. Uma vez eu li em algum lugar que se for preciso essa distinção, não é um brinquedo de criança haha'
Não existem cores de meninos e meninas, todas as cores são lindas. Incentivar uma criança com jogos de estratégia e desafio, ajudará no desenvolvimento da criatividade e do raciocínio.

Aqui eu tenho uma mania de chamar a Alice de princesa e dizer que ela está sempre linda, isso ajuda a desenvolver a auto estima dela e fará com que no futuro ela aceite seu corpo da forma como ele é mais facilmente. Mas eu também a elogio por uma tarefa cumprida e digo que ela é muito esperta e inteligente. Quando ela crescer entenderá que ela pode ser quem quiser independente da beleza ou de seu corpo. Mas lembre-se que para elogiar uma garota não é preciso diminuir as outras. É errado incentivar e fazer com que ela se sinta melhor e mais importante que as outras garotas. Cria-se uma  rivalidade desnecessária.

Pequenos gestos e atitudes nossos, podem garantir uma geração de mulheres mais maduras e confiantes em si mesmas. São coisas simples, mas que no dia-a-dia fazem toda a diferença. Ajude a criar uma mulher forte, guerreira e emponderada.

Espero que tenham gostado e até a próxima.


Copyright © 2014 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo