quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Sobre o Dia das crianças que eu quero lembrar


Quando eu comecei a pensar em qual post eu colocaria essa semana sobre o Dia das crianças muitas ideias vieram a minha cabeça. Eu inclusive comecei a preparar um post com dicas do que dar de presente para os pequenos. Mas acabei de apagar tudo para começar este aqui.

Sabe porque? Alice não vai acordar amanhã e ter um pacote de presente disponível pra ela abrir com um brinquedo dentro. Não que ela não tenha ganho presentes, por que eu comprei um e meus pais também, mas ela já abriu e tá correndo com eles pela casa.

E é assim que eu me lembro dos meus dias das crianças, quando eu era pequena. Meus irmãos e eu ganhávamos um presente no pagamento e no Dia das Crianças, nós íamos pra rua ver a procissão de Nossa Senhora Aparecida passar, depois correr pra pegar os doces na festa da vizinha e brincar a tarde toda. Nós passávamos esse dia que era nosso, fazendo o que toda criança mais gosta, brincando.

O mais importante não era o tanto de presente que se ganhava ou o que ganhava, o mais importante era brincar. Não interessava se eu não ganhasse o ultimo modelo de boneca da TV ou uma cozinha dessas com forno que acende e tudo. Nós queríamos mesmo era conseguir pegar a maior parte de balas que conseguisse, correr na rua atras de bola jogando queimada, comer bolo e tomar refrigerante. E, no final do dia, a nossa maior vitória era conseguir ter o maior número de pacotes de bala que pudéssemos pegar.

E isso é tudo o que eu quero que a minha filha aprenda, isso é tudo que eu quero que ela tenha nesse Dia das Crianças, e olha que nem to discutindo consumismo aqui ein. Estou pensando nas melhores lembranças que ela pode levar pra vida dela, estou pensando em como essas lembranças fizeram o meu futuro melhor e fará no dela também. Tudo que eu quero é que ela seja amada e feliz e faça como eu nesse dia que é dela, que ela brinque como quiser e como puder.

Espero mesmo que esse dia te faça relembrar a sua infância, aqueles dias maravilhosos que você teve e que eram os mais simples e que você era tão feliz. As vezes na vida, queremos o mundo para os nossos filhos quando devíamos querer mesmo era apenas ganhar o seu sorriso.

 Beijos e beijos
Copyright © 2014 | Design e C�digo: Amanda Salinas | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo